jun
21

Momento de poucos posts e muito trabalho (melhor assim!) e livros novos por aqui. Há dias terminei de ler Fôlego (Argumento, 2008), do australiano Tim Winton, mas suas imagens ainda estão presentes. Por trás da fissura pelas ondas perfeitas, a gente percebe que nem tudo é surfe na biografia dos personagens e fica com vontade de conversar com o narrador, Pikelet, já um homem de meia idade quando rebobina a própria trajetória. Quase ao mesmo tempo, me deliciei com um livrinho do argentino Jorge Luis Borges sobre poesia: Esse ofício do verso (Cia das Letras, 2007). Depois de anos, tornei a ler poesias com interesse e estou mergulhada na edição restaurada e bilíngue do clássico Ariel (Verus, 2007), da americana Sylvia Plath (1932-1963). É a primeira vez que os leitores conhecem a verdadeira obra, que Plath deixou organizada na escrivaninha antes de cometer o suicídio. Isso porque o também poeta Ted Hughes, ex-marido infiel, substituiu poemas e modificou a ordem para amenizar as porradas que a mãe de dois de seus filhos escreveu inspirada no casamento deles.

fôlego
Quis compartilhar esses títulos com você porque, aparentemente não satisfeita com essa livrarada toda, comprei mais dois em promoção neste sábado, numa livraria em Laranjeiras que está mudando de diretriz e vai atuar apenas no segmento infantil. Recomendadíssimo pelo amigo Alcione Araújo, De verdade (Cia das Letras, 2008), do húngaro Sándor Márai (1900-1989) agora mora na estante, à espera de andar comigo pela cidade. Comprei por R$ 38 contra os R$ 55 habituais. É ou não é um desconto irrecusável? (risos). Do mesmo autor, li os ótimos ‘O legado de Eszter’ e ‘As brasas’. A mão coçou também com os módicos R$ 9,90 que custaram O segredo de Brokeback Montain (Intríseca, 2006), de Annie Proulx, americana de origem franco-canadense. O conto foi publicado na célebre revista The New Yorker em outubro de 1997 e levou quase uma década para virar filme, dirigido por Ang Lee.

E, bem, ainda estou lendo Harry Potter e a câmara secreta (Rocco, 2000), de J. K. Rowling, para pegar a manha de escrever como adolescente no Blog do Tuhu. Os motivos até são profissionais, mas confesso que estou me divertindo com as peripécias do mago (risos). Mais quatro livros estão na fila (por favor, não me deixem entrar em livraria pelos próximos três meses!): Teatro (Cia das Letras, 1998), do carioca Bernardo Carvalho, dos meus autores favoritos; A troca impossível (Nova Fronteira, 1999), do sociólogo francês Jean Baudrillard (1929-2007); Mutações (Cosac & Naify, 2008. A primeira edição é de 1976, ano do meu nascimento!), da linda atriz norueguesa Liv Ullmann; e Dicionário Amoroso da Língua Portuguesa (Casa da Palavra, 2009), organizado pelo amigo Marcelo Moutinho em dobradinha com o português Jorge Sá-Reis.

* Capa de Miriam Lerner sobre foto de Otavio Schipper *

Você pode deixar uma mensagem, ou um trackback do seu próprio site.

4 respostas to “Algo sobre dez livros novos por aqui”

 
  1. grande monica
    muitas saudades.
    meu filho, Felipe, leu todos os livros do Harry Potter durante os primeiros anos de sua adolescencia, e isto apenas o ajudou a ler mais e mais…achei super positivo, ele agora com 19 ainda continua lendo.
    e assim caminha parcela da humanidade… 🙂

    saudades sem fim
    paul

  2. Flá disse:

    Pô, Harry Potter é legal. Todo mundo precisa de um pouco de diversão bobinha, senão a gente pira! 🙂

    BEIJOOOOS!

  3. Gabi disse:

    Eu tentei ler na epoca que era moda e parei e fiquei com os filmes, mas dia desses o submarino tava com uma promoção deles por 9,90 cada, quase comprei todos pra mais tarde dar rpa minha afilhada e enquanto ela nao cresce eu me atualizar.rs

    Eu to lendo As Horas que uma amiga me emprestou sabe e to adorando.

    Beijos.

  4. Mariana K-Britto disse:

    Aaaaaa Adoro ler… atualmente me divido entre livros da pós e livros afins… Com certeza dicionário já está na pilha (que só cresce…rs) dos “pra ler”. Bjão!
    PS: E como ler e escutar o novo CD da Zélia?? Assim num dá!!

 

Deixe seu comentário

Monica Ramalho

Monica Ramalho

Como me achar

(21) 99163.0840
moniramalho@gmail.com

Arquivo

Caixinha de Música