ago
01

O violonista e compositor Marcel Powell, filho de um dos gênios do violão brasileiro, Baden Powell vai dedilhar os sucessos do pai e receber o Troféu Beco das Garrafas em sua homenagem. Com seis álbuns lançados e alguns troféus, entre eles o Prêmio Rival Petrobras de 2006 na categoria ‘Melhor Instrumental Solo’, o herdeiro apresentará o show “Só Baden” no Beco das Garrafas no sábado, 6 de agosto, às 21h, com ingressos a R$ 40.

marcel powellNo roteiro, clássicos como “Berimbau”, “Samba em Prelúdio”, “Astronauta” e “Tempo Feliz” (todas de Baden e Vinicius de Moraes, o seu parceiro mais frequente, com quem compôs os Afro-sambas que são um capítulo à parte no cancioneiro do nosso país). Esse formato intimista de violão solo, permite que o músico conte histórias da infância e curiosidades sobre o repertório escolhido para a homenagem.

“Ele sempre me ensinou a ser um músico disciplinado. Uma coisa que ele dizia sempre é que o músico, para dominar o instrumento, tem que ser escravo dele. Tem que estudar todos os dias, até o final da vida, não importa quanto tempo tenha de carreira. Ele mesmo passava quatro, cinco horas diárias abraçado ao violão. Levo isso comigo e coloco em prática mais esse ensinamento do meu pai”, conta Marcel.

Baden Powell nos deixou em setembro de 2000, aos 63 anos, e é um nome fundamental para se entender a história da música popular brasileira, em especial do violão como é tocado por aqui. Ao todo, 20 artistas que escreveram a história da bossa nova serão homenageados até dezembro com essa série de shows em Copacabana, batizada Troféu Beco das Garrafas e patrocinada pela Prefeitura do Rio através da Secretaria Municipal de Cultura, com apoio do Instituto João Donato.

Os homenageados – ou seus representantes convidados, já que alguns não estão mais conosco – serão chamados ao palco para cantar e receber o troféu que nomeia o projeto, como reconhecimento pela obra que nos legaram. Em seguida, uma banda fará um set instrumental com o repertório do homenageado, transformando a noite numa grande jam session, na qual canjas serão bem vindas.

Alguns nomes muito bacanas vêm aí: Bebeto Castilho vai relembrar os tempos de Tamba Trio; Miúcha cantará mais uma vez as maravilhas do amigo Vinicius de Moraes, ao lado de Georgiana de Moraes, filha do Poetinha; e os sucessos de Elis Regina serão interpretados por Laila Garin, que lhe deu vida recentemente no teatro.

 

Você pode deixar uma mensagem, ou um trackback do seu próprio site.

Deixe seu comentário

Monica Ramalho

Monica Ramalho

Como me achar

(21) 99163.0840
moniramalho@gmail.com

Arquivo

Caixinha de Música