set
01

O segundo concerto da Orquestra Jovem Paquetá (OJP) para celebrar o século e meio de nascimento de Anacleto de Medeiros, será realizado no dia 4 de setembro, na Casa de Artes Paquetá, com entrada gratuita. Ao todo, serão seis apresentações, entre agosto e novembro, em homenagem a um dos fundadores do choro carioca, nascido na ilha. ‘Maestro Anacleto 150 anos’ passeará por diversas obras de Anacleto de Medeiros que receberam tratamento sinfônico.

OJP

Os próximos encontros da OJP com o público de Paquetá serão nos dias 2 de outubro, 6 de novembro e 4 de dezembro, sempre aos domingos e com entrada gratuita. Um único concerto desta homenagem entrará na programação da Casa do Choro, no Centro do Rio: no dia 18 de novembro, sexta-feira, às 12h30, com ingressos a R$ 30.

‘Maestro Anacleto 150 Anos’ tem Bruno Jardim na regência, Carla Rincón na direção musical, Josiane Kevorkian na direção artística desta homenagem, que será possível em virtude do patrocínio da Petrobras e do Governo do Rio de Janeiro através da Secretaria de Estado de Cultura e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.

Em 2006, o Bem Me Quer Paquetá apresentou um espetáculo totalmente dedicado ao repertório de Anacleto de Medeiros, comandado pela sua orquestra mirim. Para a maioria dos então pequenos instrumentistas, era o primeiro contato com o rico universo do maestro, que antes eles apenas conheciam como nome de rua da ilha, uma ladeira que mais parece montanha para quem tem as pernas curtas.

Uma década adiante e essa orquestra mirim cresceu, acumulou bagagem e se transformou na Orquestra Jovem Paquetá, com trajetória consolidada no cenário musical carioca e incontáveis apresentações no Brasil e no exterior. A ladeira Maestro Anacleto já não exige esforço para aqueles meninos que sonharam com o Bem Me Quer, atravessaram a adolescência com a OJP e hoje, quase adultos, se debruçam novamente sobre a obra de um dos maiores músicos brasileiros.

O novo espetáculo, como há dez anos, é uma homenagem a Anacleto no ano de seu sesquicentenário. As composições receberam tratamento sinfônico e agora estão nas mãos de quem não só conhece muito bem o maestro e sua importância para a formação da música popular nacional, como também amadureceu executando muitas de suas obras.

A Casa de Artes Paquetá fica na Praça de São Roque 31, em Paquetá. Informações: (21) 3397.0517. A entrada é franca e o concerto é livre para todas as idades. Para chegar a Paquetá aos domingos, existem catamarãs saindo da Praça XV às 8h30 e às 10h. Horários sugeridos para retorno no mesmo dia: às 14h30, às 16h, às 17h30 e às 19h. A travessia dura cerca de 60 minutos.

 

Você pode deixar uma mensagem, ou um trackback do seu próprio site.

Deixe seu comentário

Monica Ramalho

Monica Ramalho

Como me achar

(21) 99163.0840
moniramalho@gmail.com

Arquivo

Caixinha de Música